quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

"Welcome to our society. You will be judged on what you wear, your taste in music, what you look like and how you act. Enjoy your stay."

Autor Desconhecido

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Tudo para "sacar" sorrisos aos leitores =)

A todos um Natal cheio momentos felizes! Daqueles que nos aquecem a alma e fazem esquecer os mais tristes...



Espero que o Pai Natal vos tenha dado todos os presentes pedidos (o menino Jesus anda demasiado ocupado a tratar de "prendinhas" mais importantes e mais urgentes!)

domingo, 23 de dezembro de 2012

Será um sinal do final dos tempos?

Quando achava que no futebol já tinha visto tudo (afinal sou sportinguista) leio na página do Twitter do El País "Casillas en el banquillo de la Rosaleda"...
 
Se o Real conseguia viver sem o Mourinho? Conseguia, mas não era a mesma coisa...
 
 
 

sábado, 22 de dezembro de 2012

És um(a) nerd?

L – “Tiravas boas notas?”

D – “Sim, era aluna de 4 e 5…”

L – “Credo! Então eras uma nerd???”

D – “Não, acho eu... Mas agora tens que “catalogar” tudo? Tirava apenas boas notas, não é uma coisa má…”

L – “Mas deixavas os outros copiarem?”

D – “Sim, muitas vezes era a última a entregar o teste porque não sabia onde é que ele andava…”

L – “Fixe! Eu sabia que havia salvação para ti!”
E assim se ganha o respeito de uma adolescente, não porque era uma raridade tirar uma nota inferior a 90%, mas porque era ardilosa o suficiente para arranjar esquemas e artimanhas para deixar os outros copiar...
(L – 13 anos; D – 27 anos)
 
 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Dilemas com Estrogénio - As Mulheres e o Sexo

Para as mulheres só existem dois tipos de relações sexuais.

Por um lado temos um grupo que envolve tudo o que vai do “muito mau” ao “muito bom” e do outro temos o “incomensurável”.

Podemos congregar actos sexuais péssimos, muito maus, maus, razoaveizinhos, assim-assim, ligeiramente satisfatórios, bons, bastante bons e os mesmo muito bons num só grupo por uma só razão: mais cedo ou mais tarde nos iremos esquecer deles!

Os de má estirpe porque nenhuma mulher gosta de recordar acontecimentos ruins, os banais porque são aborrecidos e, até os de grande engenho porque mais cedo ou mais tarde haverá outro igual e será esse a ficar na lembrança até ser esquecido.

No outro grupo, no grupo dos incomensuráveis actos de amor estão aqueles que estão acima do extraordinário e do prodigioso. Estes por muito tempo que passe e, mesmo que a memória dê sinais de fraqueza, o corpo não esquece. Porque ficam cravados na pele como se de uma tatuagem definitiva se tratasse.

Por isso os homens devem ter um objectivo único: fazer parte deste segundo grupo a menos que queiram ser olvidados…

terça-feira, 11 de dezembro de 2012


Às vezes é difícil lutar pelo amor de um homem contra uma mulher, mas é impossível fazê-lo contra Deus...

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Eleições na Ordem dos Farmacêuticos – Triénio 2012/2015

Há 3 anos quando participei no primeiro acto eleitoral sentia-me realmente esperançosa num futuro mais risonho para a profissão. Passado o tempo das dúvidas, falta de esclarecimentos e até constrangimento conseguia vislumbrar sinais de mudança.

Estava equivocada… É certo que muito não poderá ser feito num tão curto espaço de tempo, mas a proactividade foi muito pouca e instalou-se um certo clima de pedantismo e elitismo que me desagrada bastante…

Basta olhar para os cadernos eleitorais recheados maioritariamente de proprietários e/ou académicos que não ambicionam mais do que se ambicionava há uma década, que não lutam por nada que dignifique a profissão, os seus profissionais e os utentes que defendem…

Desde que me formei compareço religiosamente a todas as assembleias e, há caras que, nestes quase cinco anos, nunca por lá vi. Nem nos chamados tempos de reboliço, nem nos de calmaria… Ter-se-ão começado a preocupar acerrimamente só agora?

É claro que reconheço o mérito a muito boa gente (mais boa, do que muito) …
Sabem que mais? Arre estou farta de semideuses! Onde é que há gente neste mundo?
 
 
 

POEMA EM LINHA RECTA

Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,
Indesculpavelmente sujo,
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,

Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,
Que tenho sofrido enxovalhos e calado,
Que quando não tenha calado, tenho sido mais ridículo ainda;

Eu que tenho sido cómico às criadas de hotel,
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,
Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenha agachado,
Para fora da possibilidade do soco;
Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,
Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um acto ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe. Todos eles príncipes na vida…

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que, contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?

Ò príncipes, meus irmãos,
Arre estou farto de semideuses!
Onde é que há gente no mundo?

Então sou só eu que é vil e erróneo nesta terra?

Poderão as mulheres não os terem amado,
Podem ter sido traídos, mas ridículos nunca!
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?
Eu, que tenho sido vil, literalmente vil,
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

Álvaro de Campos

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Urgência versus Importância

Confundimos constantemente estes dois conceitos… 
Confundimos constantemente o valor de cada um deles…

Há coisas, que embora não sejam cruciais para a nossa vida têm de ser feitas e têm que ser feitas logo, porque naquele momento é decisivo entregar aquele projecto, acabar aquele trabalho, fazer aquelas compras, remodelar a cozinha et cacetera, cacetera
Depois há as coisas importantes e, para essas, devíamos ter todo o tempo do mundo. Pode não ser para já mas é algo de fundamental que tem que ser feito ou que se ir fazendo…

Exemplificando: o “projeto” mais importante da minha vida sempre foi ser mãe.
Quando não sabia o significado de IVA, IUC, seguros, deduções para o IRS e para a Segurança Social (blá blá blá) queria ter seis filhotes entre biológicos e adoptados (era nova e inconsciente, eu sei – este comentário refere-se apenas ao número, para mim ser pai e mãe é muito mais do que disponibilizar um óvulo e um espermatozoide impetuoso).

Hoje-em-dia faria o corte para um terço talvez…
É o mais importante mas está longe de ser o mais urgente.

Quero viver e experienciar tanto antes de me preocupar com o preço de um pacote fraldas…

Com isto quero dizer que há muita coisa urgente a fazer e que devemos usar mais ou menos tempo conforme a sua importância…
Para o que é realmente importante não tenhamos pressa, tenhamos calma pois o essencial merece-nos toda a atenção por tempo indeterminado. ;)


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Dogma para a Vida...

 
“A journey is best measured in friends, rather than miles.”
 
Tim Cahill
 
 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

As eleições na Catalunha vistas por uma portuguesa.

A forte participação do eleitorado na ida às urnas demonstrou que os catalães estão cientes da importância dum processo eleitoral e quiseram que ele espelhasse de forma clara e real a sua vontade.

E assim foi… Por cada cidadão que não quer, há dois e meio que preferem que a Catalunha seja um povo independente de Espanha.

No entanto, a expressão inequívoca desta vontade (assumo que fosse uma maioria absoluta ou algo próximo disso), tão acerrimamente defendida por Artur Mas, fracassou.

Na minha opinião, deviam agora pôr de lado a temática da Soberania e centrarem-se em questões fulcrais como o cenário económico e social.

Ah… Repensar a estratégia de aproximação (leia-se negociação com) a Madrid seria benéfico para todos, sobretudo para o povo que, independentemente, da Região Autónoma em que habita, é quem mais vive no dia-a-dia as diferentes definições de austeridade.

domingo, 25 de novembro de 2012

Na Madeira é o mau tempo, a dengue, os tornados, as cheias, os ventos fortes, as casas destruídas, o Alberto João...
Realmente é uma terra de pouca sorte...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Um subsídio completo ou em duodécimos?

Arménio Carlos tem razão ao dizer que esta é uma falsa questão porque afinal os trabalhadores recebem exatamente o mesmo no final do ano?

Não creio que assim seja…

Por um lado, as famílias que fazem tentativas acrobáticas de chegar ao final do mês com um saldo positivo (ou pelo menos que não seja negativo) poderão encontrar neste pagamento fracionado uma melhor forma de lidar com as obrigações diárias. Aliás, até poderá ser uma forma de estimular o consumo dos trabalhadores e facilitar o pagamento ao patronato.

Na outra visão dos factos, esta segmentação poderá ser um entrave à poupança porque, normalmente, tem-se um menor desprendimento ao dinheiro quando este é recebido na forma de subsídio. Há uma maior preocupação com o aparecimento de qualquer situação emergente ou, até mesmo, para uma despesa já prevista (um seguro automóvel, uma prestação bancária, as propinas dos filhos).

Eu prefiro esta segunda opção, mas compreendo quem discorde.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Eleições nos EUA

Barack Obama venceu um dos momentos eleitorais mais renhidos a que os EUA assistiram.

Como qualquer cidadão europeu fico contente por assim ter rezado a história, embora espere que este novo mandato lhe traga menor confiança no sucesso garantido e maior audácia para agir e reagir enquanto Presidente da maior potência mundial.

Porque gosto de homens com sentido de humor, não posso deixar de referenciar o momento em que se dirige às filhas para dizer:

“I’m proud of you, but I must say for now, one dog is probably enough.”

Na sua opinião, para os EUA o melhor ainda está para vir:


Sinais de mudança, primeira Senadora homossexual eleita:

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

"Ao tentar corrigir um erro, eu cometia outro. Sou uma culpada inocente."

Clarice Lispector

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

A Felicidade às vezes assusta-me, nunca sei muito bem o que fazer com ela...
Mas também sempre me disseram que aprendo rápido ;)

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Dilemas com estrogénio – O Casamento

Eu nunca me quis casar.

Quando éramos pequenos e brincávamos aos casamentos ficava sempre com o papel de noivo ou padre porque a personagem da noiva jamais me fascinou…

Assim sendo, nunca tive um modelo de vestido de noiva preferido, ou qualquer outra coisa que pudesse eleger relacionada com o matrimónio porque era algo que não me podia perturbar o estado de espírito.

 
Tal acontecia porque foi-me sempre difícil assimilar o conceito de casamento, a necessidade de assinar um papel como prova que aquela união é, de facto, verdadeira.

Aliás, muito boa gente me ouviu dizer que se o casamento fosse algo sério não eram necessárias duas testemunhas.
 

Contudo, depois de tantos anos empenhada a esgrimir todos e mais alguns argumentos contra o que dizia ser uma mera prática institucional da civilização, mudei de ideias.


Não, não desisti de debater o tema. Não, não houve nada em especial que me fizesse mudar de ideias. Nem sequer posso dizer que é um recuo, uma vez que na verdade trata-se de uma reviravolta na essência da questão.


Portanto, hoje-em-dia (amanhã já poderá não ser bem assim), enquanto mulher moderna e emancipada que sou, quero assinar um papel (seja no Registo Civil, na Igreja, numa “capela” em Las Vegas, ou noutra instituição qualquer) a dizer que quero partilhar uma cama, um tecto, uma conta bancária, a educação de uns pirralhos e outras coisas afins com um moço bem interessante e deslumbrante, até que a morte nos separe.

"timing is everything..." 

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Juliette et LeMerle

 
 
 
 
 
E visto da minha janela quase parecia um convite para dançar.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Amanda Todd


Ao ler a notícia sobre Amanda Todd, a adolescente que se tinha suicidado por ter sido vítima de bullying, fiquei triste e decepcionada, como é óbvio, por os garotos (e não só) conseguirem ser tão cruéis. No entanto, nunca pensei que esta história me pudesse arrasar tanto.

Quando terminou o filme de 8 minutos e 16 segundos, que ela própria colocou no Youtube, no qual não diz uma única palavra, fiquei completamente exasperada.

Aquela miúda teve que preparar dezenas de papéis para expor, ainda mais, tudo o que tinha passado.

Aquela miúda estava a tentar pedir ajudar, para terminar o pesadelo em que vivia, da mesma forma como tinha começado, na internet.

Aquela miúda não conseguiu e suicidou-se.


Eu não tenho filhos.
Eu quero ter filhos.
Eu irei fazer tudo o que puder para que eles não sofram, nem façam sofrer os outros meninos. Infelizmente, a vida encarregar-se-á de o fazer de quando em vez.






quarta-feira, 17 de outubro de 2012

A República não é para todos...


D - O Primeiro-Ministro não assistiu às comemorações do 5 de Outubro porque esteve na cimeira "5+5" e ia aproveitar para falar com o Presidente do Governo Espanhol sobre a situação que se está a viver na União Europeia.

Z - O quê, também já não é feriado o dia 5 de Outubro em Espanha?

D - Não, nunca foi... Afinal comemora-se a Implantação da República...

Z - Pois, como estamos aqui uns ao lado dos outros, podiam ter aproveitado e implantado República na mesma altura!

D - ... hummmmm ....

(O Rei Juan Carlos e a Rainha Sofia iam adorar esta conversa....)
Com as primeiras chuvas os poléns, os esporos e os pós que andam no ar desaparecem...
Os distribuidores de folhetos de publicidade nos carros também! =)

domingo, 14 de outubro de 2012

O que tu queres sei eu, só não sabes é como hás-de pedir...


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Fazia hoje quatro anos que ela tinha voltado para trás e tinha cometido o primeiro de muitos erros.
Já que a sua infame memória lhe tinha lembrado a data indagava-se sobre quanto lhe teria custado aquele feitiço azado?
Mas valeria a pena pensar nisso? Afinal ela era a venturosa estrela, jamais a aziaga.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Os Impostos e o Amor VII

Uma boa maneira do casal poupar uns tostões é tomarem banho juntos. Poupam na fonte de energia que aquece a água do banho, nessa mesma água e ainda são amigos do ambiente.

É também muito prático porque se consegue lavar aquela zona das costas a que só se chega com alguma elasticidade que se vai perdendo com a idade.


Quantas TSU valerá um banho destes? ;)

domingo, 7 de outubro de 2012

Vítor Gaspar vs Conselho de Ministros; 
Primeiro Ministro Inglês vs Países da Zona Euro;
Porto vs Sporting; Barcelona vs Real Madrid;
Hugo Chávez vs Henrique Caprilles Radonski...

Mas será que hoje é o dia em que tudo acontece?

Já para não falar das audiências do "Toca a Mexer" vs "Casa dos Segredos 3" uahahahahahah!

sábado, 6 de outubro de 2012

"...quando um homem começa por tocar-nos com palavras, pode chegar muito longe com as mãos."


O Carteiro de Pablo Neruda

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

"Las leyes son como las mujeres, están para violarlas": Frase desastrosamente proferida por José Manuel Castelao, Presidente do Conselho Geral da Cidadania Espanhola no Exterior, um órgão consultivo do Ministério do Trabalho.

Já se desculpou. Nenhuma mulher (nem a dele) lhe aceita as desculpas!

Alguém que faça o favor de demitir este senhor e, já agora, esbofeteá-lo também não seria má ideia...

http://sociedad.elpais.com/sociedad/2012/10/05/actualidad/1349454276_520810.html

Dilemas com Estrogénio – Cabelos Brancos

Os meus amigos homens têm cabelos brancos desde que me lembro (sou uma mulher exagerada) e todos ficaram com um ar mais charmoso, mais sensual até! E fiz questão de o dizer a cada um deles (também sou uma mulher realista). Podemos chamar-lhe efeito George Clooney mas com diferentes graus de aplicabilidade.

Isto nos homens.

Porque nas mulheres é diferente, muito diferente!

A minha mãe teve o seu primeiro e único cabelo branco aos 38 anos e este viveu na solidão quase 10 anos e, mesmo hoje, não tem muitos pares com que se relacionar.
Isto levou-me equivocadamente a pensar: “Obrigada GENÉTICA!”
 
Pois muito bem aos 27 anos deparo-me com, ainda contabilizáveis pelos dedos de uma mão, cabelos deficitários na produção de melanina.
Na ocasião do sucedido, fiquei a olhar para o espelho como se tivesse um ser alienígena na cabeça!

Colérica com a traição da minha enzima tirosinase decidi, impulsivamente, mesmo adorando a minha cor natural, fazer umas madeixas louras médias douradas (era o que estava escrito na bisnaga do produto que a cabeleireira – a minha adorada Carmita – usou).

E agora? Ainda não me arrependi… Quando tal acontecer (pode demorar anos mas acontecerá), o cabelo cresce mais do que 1cm por mês portanto é fácil resolver a situação e aprender a viver com a minha nova condição.

Enfim… Tragédias que só um outro útero poderá entender.
P.S.: É Óbvio que é uma ursa! =D
 


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

domingo, 23 de setembro de 2012

Conselho de Estado




A constituição do Conselho de Estado (com uma média de 65 anosde idade) é um bom representante do nosso desequilíbrio geral: 2 mulheres e 18 homens.
Temos mesmo de procurar e de debater por novos equilíbrios a TODOS os níveis!

sábado, 22 de setembro de 2012

Outono


Uma estação a acabar, outra a começar... ;)




"Por ser tanto quanto somos
Certo quando vemos
Calmo quando queremos
Hoje, só por ser Outono, vou..."


Tiago Bettencourt & Mantha

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Explicações de Passos, discurso de Seguro e TSU em análise


Ouvir o nosso Primeiro-ministro falar é angustiante e nem sequer estou a falar das medidas. Este homem insiste em não se preparar para as idas ao Parlamento ou para as entrevistas e isso revela uma falta de maturidade que já devia ter sido ultrapassada após um ano de Governo.

Esta é uma crónica de uma morte anunciada a menos que haja uma remodelação rápida nos Ministérios...


http://sicnoticias.sapo.pt/programas/edicaodanoite/2012/09/13/explicacoes-de-passos-e-discurso-de-seguro-em-debate

quinta-feira, 6 de setembro de 2012



Porque nem sempre, ela ser exactamente o que ele quer e ele exactamente o que ela quer, resulta numa conta de somar.



domingo, 2 de setembro de 2012

Apartheid de interesses entre sexos: não, obrigado!

Porque é que só as mulheres podem saber os benefícios do uso duma solução micelar como produto de limpeza facial e só os homens é que sabem o que é a Super Taça Europeia?

Porque é que se insiste na ideia do apartheid de interesses entre sexos?

Porque é que há aquela mania inexorável de num jantar, por exemplo, os homens ficarem de um lado e as mulheres de outro? Logo de início se cria o mito que não há temas e/ou interesses em comum…

Um homem é menos viril por ajudar a mulher a decidir qual os sapatos que combinam melhor com determinado vestido? Escolher a decoração da sala, saber bordar, usar um creme hidratante diário ou assistir a uma comédia romântica causa atrofia testicular?

Uma mulher é menos feminina se disfrutar de uma mini na comemoração de um golo do Wolfswinkel? Saber o que é a junta da colaça, colocar um aparelho eletrónico a trabalhar sem ler o livro de instruções, assistir com agrado às diferentes modalidades praticadas nos Jogos Olímpicos ou não saber quem é a coitadinha da novela da noite diminui o deslumbramento e magnetismo que uma mulher pode provocar?

É claro que homens e mulheres experimentam as coisas de forma diferente.

É claro que os homens precisam de sair e conviver só com homens e as mulheres precisam de tempo e espaço com as amigas. É saudável e natural!

Mas quando há grupos mistos, façam o favor de se imiscuir nas conversas uns dos outros, porque a partilha, por norma, é gratificante e o fator surpresa não tem que existir...
 
 

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Os meus Parabéns ao Iniesta!

Mas confesso que fui surpreendida... O Messi e o Ronaldo também devem ter sido...

Sorteio Fase de Grupos - Champions League 2012/13

GRUPO A
Porto (Portugal) - Campeão português
Dynamo de Kiev (Ucrânia) - Vice-campeão ucraniano (passou pelos playoffs)
Paris Saint-Germain (França) - Vice-campeão francês
Dinamo Zagreb (Croácia) - Campeão croata (passou pelos playoffs)

GRUPO B
Arsenal (Inglaterra) - Terceiro colocado inglês
Schalke 04 (Alemanha) - Terceiro colocado alemão
Olympiacos (Grécia) - Campeão grego
Montpellier (França) - Campeão francês

GRUPO C
Milan (Itália) - Vice-campeão italiano
Zenit St. Petersburg (Rússia) - Campeão russo
Anderlecht (Bélgica) - Campeão belga (passou pelos playoffs)
Málaga (Espanha) - Quarto colocado espanhol (passou pelos playoffs)

GRUPO D
Real Madrid (Espanha) - Campeão espanhol
Manchester City (Inglaterra) - Campeão inglês
Ajax (Holanda) - Campeão holandês
Borussia Dortmund (Alemanha) - Campeão alemão

GRUPO E
Chelsea (Inglaterra) - Atual campeão
Shakhtar Donetsk (Ucrânia) - Campeão ucraniano
Juventus (Itália) - Campeã italiana
Nordsjelland (Dinamarca) - Campeão dinamarquês

GRUPO F
Bayern de Munique (Alemanha) - Vice-campeão alemão
Valencia (Espanha) - Terceiro colocado espanhol
Lille (França) - Terceiro colocado francês (passou pelos playoffs)
Bate Borisov (Bielorrússia) - Campeão bielorrusso (passou pelos playoffs)

GRUPO G
Barcelona (Espanha) - Vice-campeão espanhol
Benfica (Portugal) - Vice-campeão português
Spartak Moscou (Rússia) - Vice-campeão russo (passou pelos playoffs)
Celtic (Escócia) - Campeão escocês (passou pelos playoffs)

GRUPO H

Manchester United (Inglaterra) - Vice-campeão inglês
Braga (Portugal) - Terceiro colocado português (passou pelos playoffs)
Galatasaray (Turquia) - Campeão turco
Cluj (Romênia) – Campeão romeno (passou pelos playoffs)         




É impressão minha ou só o FCP é que teve alguma "sorte" entre as equipas portuguesas?



domingo, 26 de agosto de 2012

Margarida Rebelo Pinto: ignorância ou estupidez?


http://ainanas.com/bizarro-2/margarida-rebelo-pinto-e-as-gordinhas/


Tive conhecimento da panóplia de barbáries, cuspidas pela Dona Margarida, por um homem que sabe apreciar o que de melhor o sexo feminino tem para oferecer, que possui sensualidade suficiente para despertar a cobiça de qualquer mulher e que se incompatibilizou com o texto, imbecilmente, escrito por esta senhora.

Por isso, posso classificar de néscia a tentativa de generalização mentecapta levada a cabo por esta senhora (leia-se energúmena!).
Terá sido ela trocada por alguma mulher com um IMC superior ao dela? Mas porventura menos frígida?!

À excepção da pseudo-escritora Dona Margarida, alguém se atreveria a chamar bisonte à belíssima Catherine Zeta-Jones ou à estonteante Jennifer Lopez? Que mesmo não sendo escandalosamente magras, são capazes de perturbar o sono, a qualquer portador do cromossoma Y…

Será que ela acha mesmo que todos os homens pensam daquela forma?
A sensualidade está no facto de ser alto, baixo, magro, gordo ou está na maneira como fazes com que olhem para ti?

Uma perna bem delineada será menos libidinosa numa gordinha? Um decote mais acentuado terá um efeito menos afrodisíaco numa gordinha? Uma pele macia e sedosa será menos lasciva numa gordinha? O desejo puro, carnal, louco e devasso só poderá ser provocado por uma gordinha se o homem estiver embriagado?

Não sei se o texto da Dona Margarida é mais hostil para as mulheres ou para os homens, porque os reduz a seres hormono-dependentes que fazem as suas escolhas sexuais movidos não pela líbido mas pelo álcool e/ou desespero.
 
Agora sei porque nunca gastei um tostão a comprar algo despropositadamente vomitado por esta senhora.

Se a estupidez pagasse imposto, Portugal já teria saldado a dívida Soberana há muito tempo e, a Dona Margarida em muito teria contribuído para tal.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Suspicious Minds



Suspicious Minds - Elvis Presley


Detesto este dia, detestei sempre este dia, hei-de sempre detestar este dia ou dias como este...


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Campeonato Offroad 2012

O Campeonato Nacional realiza-se em 7 provas, sendo a 5ª em Sever do Vouga entre 4 e 5 de Agosto.

Afinal Sever do Vouga é a localidade onde nasceu o Ralicross Internacional!

No Programa Bom Dia Portugal podem saber mais 40 minutos após o início do vídeo:

http://www.rtp.pt/programa/tv/p12711/c88978



Mais informações em:

http://www.offroadportugal.org/website/index.php/8-2012/49-sever-do-vouga-ja-mexe

quinta-feira, 26 de julho de 2012

domingo, 22 de julho de 2012

Beautiful Day - U2



What you don't have you don't need it now
What you don't know you can feel it somehow
What you don't have you don't need it now
Don't need it now
Was a beatiful day!

Daqui a 20 anos...

Faz hoje 4 anos que me formei.

Dormi pessimamente nessa noite, e mesmo madrugando para ir para a faculdade quando lá cheguei já me esperavam…

Sou ansiosa, muito ansiosa e desesperei até às 10h, hora a que estava marcada a minha defesa de Relatório de Estágio.

Insegura, sempre insegura, sabia que não tinha nenhuma obra de arte nas mãos mas porra, tinha-me esforçado imenso e, quando me chamaram, respirei fundo e entrei agarrada à confiança que era uma mulher inteligente e que fosse o que Deus quisesse e aquelas três ilustres Professoras Doutoras permitissem.

Correu-me bem, correu-me muito bem! Aliás, consegui cometer um erro escandaloso mas apercebendo-me de tal fui ardilosa o suficiente para o contornar e sair bem na fotografia. O facto de uma das professoras ter empatia por mim também abonou a meu favor. Saí de lá com o 18 que aspirava e finalmente ciente que tinha ambições tangíveis e alcançáveis.

Almoçámos na Cantina Azul da UC e aqueles grelhados, aos quais as nossas papilas gustativas tinham ganham resistências após 5 anos de massacre contínuo, tiveram o sabor de um maravilhoso banquete. Era uma garota realizada. Era uma garota, inconfundivelmente, feliz.

Após o almoço o nervosismo voltou e eu tinha um mau pressentimento. As defesas iam continuar mas agora o grupo de “jurados” era diferente.

Um dos quais totalmente impiedoso e irrascível e, tinha medo, muito medo, do desfecho daquela tarde.

Tudo correu da pior forma possível e partilhei sentimentos de injustiça, frustração e caos. O receio era tanto que só parei de chorar quando do outro lado do telefone veio a notícia que a matemática era uma amiga fiel e que a Terra voltava a girar sob o seu eixo.

Quando cheguei a casa o ambiente era de festa e todos comemoraram o meu sucesso. É uma bênção ter uma família que nos apoia e premeia todas as conquistas.

Quando deitei a cabeça na almofada, depois de todo aquele turbilhão de sentimentos, foi abraçada ao alívio que adormeci. Lembro-me que o meu último pensamento foi: “ Daqui a 20 anos serei uma das mulheres mais influentes de Portugal, ele um dos investigadores mais conceituados e tu Sr. Professor Doutor com-manias-de-todo-o-poderoso em nada contribuíste para tal!”


Passaram 4 anos, deixei de ser uma garota para ser uma mulher ansiosa e insegura. Conheço bem as minhas ambições. Trabalho bastante para as atingir e já só faltam 16 anos para provar que tinha razão.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Raízes quadradas de somas subtraídas





                                              
                                                    Toranja - Carta

sábado, 7 de julho de 2012

Badlands

A música do melhor anúncio publicitário inspirou-se na banda sonora do filme Badlands e é Gassenhauer de Carl Orff.

Confesso que fiquei curiosa para o ver, quem sabe, na melhor companhia de sempre e com um copo de J&B a acompanhar! É uma imagem demasiado tentadora, até para alguém como eu, que não gosta de whisky...




Muito mais tentadora é a certeza que quero ver com os meus próprios olhos o que é uma badland, que quero sujar as minhas sapatilhas com aquele pó dourado, partilhar a garrafa de água ou o peso da mochila com quem me acompanha, ter  in loco as minhas próprias acções-reacções: ficar desapontada porque algumas coisas ficarão aquém do que imaginei ou ter a alegria de uma menina a desembrulhar prendas na noite de Natal porque a mínima coisa me fará, incalculavelmente, feliz...


Agora só falta saber se será Ontário, South Dakota, Las Médulas, Alberta, New Zealand ou outro destino qualquer =D

terça-feira, 3 de julho de 2012

Monstro das bolachas ou da fruta?!

Nuestros hermanos puseram o monstro das bolachas a comer fruta...

Muito bom para a saúde das criancinhas, muito mau para a Dizinha...

Imaginem-me rabugenta, mal-disposta, mandona, com vontade de praguejar e esbofetear alguém!
E alguém a meu lado a reclamar: "Pronto, a Diana já está em modo monstro-da-fruta!"

Nunca mais será a mesma coisa...

Sabem que mais? Estou é em modo deprimida...


http://www.dn.pt/Inicio/interior.aspx?content_id=2642287

sábado, 30 de junho de 2012

Savoir Faire

Tinha acabado de ter o seu primeiro acidente de carro e a vontade de ir aquela festa oscilava entre a pouca e a nenhuma... Sabia que não podia faltar e afinal não haviam mortos, feridos ou desculpas para dar...

Porque ser a super mulher implica não mostrar sinais de fraqueza mesmo quando a vontade é chorar como se não houvesse amanhã, sem ter motivos ou explicações para dar...

Estava um calor infernal, passou em casa para tomar banho, vestir uns calções e um top, calçar uns chinelos e prender o cabelo num elástico para se manter fresca. O desânimo era tanto que nem rímel, o seu amigo de todas as horas, se dignou a colocar... Pegou na prenda e decidida a ser uma companhia agradável saiu de casa.

Quando chegou, já estavam todos à mesa. Foi recebida de forma esplêndida por aquele grupo tão afável. 
Até ao infeliz (muito infeliz) momento em que o tio da sua amiga (a aniversariante) a compara a um amigo seu de Braga… SIM! Não é um erro, ele insistiu em dizer que ela era i-g-u-a-l-z-i-n-h-a a um homem que ele conhecia e que as semelhanças eram extraordinárias!
Ao que ela responde, fazendo uso da sua abençoada ironia: “E ainda bem que fiz recentemente o buço porque senão íamos parecer irmãos gémeos separados à nascença…”
Todos riram copiosamente e o senhor deixou-se de comparações…

Contudo estava demasiado débil para a ironia ser o bastante para lhe socorrer o ego e a alma naquele malfadado dia. Mas, sendo educada, amável e faladora (muito faladora) era o suficiente para esconder a fragilidade pela qual tinha vindo a ser dominada. Ou pelo menos, assim o pensava…

Bem mais tarde nessa noite, o irmão da amiga (um rapaz bonito, culto, viajado, elegante e com um savoir faire de derreter qualquer mulher) contorna a mesa e vem sentar-se ao lado dela.
E sem qualquer tipo de prelúdio, dispara: “Sabes é assim que se consegue verdadeiramente avaliar a beleza de uma mulher: sem maquilhagem e com o cabelo num puxo. E tu, és uma mulher muito bela.”
Inusitadamente ela fica completamente emudecida, permitindo que ele com a mesma ligeireza com que se aproximara se volte a afastar.
  
É claro que voltaram às triviais conversas de grupo, que duraram toda a noite, mas agora com a singularidade que de quando em vez havia uma troca de sorrisos ou um piscar de olhos entre dois dos intervenientes.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Bolseiros de investigação falam sobre os atrasos nos pagamentos pela FCT

É assim que se afugentam os génios do nosso país. 

Revolta-me ainda mais o facto de ter depositado enormes esperanças neste ministro, porque o tinha como pessoa recta e exemplar. 

Gosto especialmente duma frase dita por uma das bolseiras: "Para se ser cientista em Portugal é preciso coragem e uma boa dose de loucura!"



"Não se pode dizer que existam atrasos no pagamento aos bolseiros de investigação da FCT"

Gabinete do Ministro da Educação e Ciência Nuno Crato a 25-5-2012


"Com excepção de dificuldades no ano de arranque da bolsa, os bolseiros são sistematicamente pagos a tempo. (...) É falso que os bolseiros vivam em permanentes dificuldades."

Miguel Seabra (Presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia-FCT) em 20-6-2012




sexta-feira, 22 de junho de 2012




Eu não sei porque é que gosto desta música, mas gosto... e muito!

Não é música experimental checa e portanto, não faz de mim uma mulher super interessantérrima, mas o meu útero, de vez em quando, tem uma palavra a dizer...

E sabem quem mais? Deixem-no falar! =D

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Pareceu tão estranha esta quarta-feira por não haver um jogo de futebol para ver...

terça-feira, 19 de junho de 2012

Raios! Mas porque é que em vez de estudar inglês ou castelhano, preparar a tese ou fazer aquilo que trago para casa do trabalho, só estou a escrever parvoíces no blogue?!

Preciso urgentemente de inspiração...

E hoje esta música não me sai da cabeça...





Como resolver um problema!


segunda-feira, 18 de junho de 2012

Relações & Relacionamentos

Existem pessoas com sentimentos que podem ser chamados de efémeros e, portanto, apaixonam-se e desapaixonam-se com o arrebatar de um novo sorriso ou com uma qualquer frustração. É bom porque têm o desprendimento necessário para deixar a relação evoluir, a capacidade de lidar melhor com o sentimento da perda mas (há sempre um mas) quando se encontra a tal pessoa são submetidos à dúvida cruel se o sentimento é, aquilo a que muitos enchem a boca para chamar, de amor.

Depois há os outros, os de paixões sólidas, os que acham que para toda a vida não é demasiado tempo, os que se demoram a encantar por alguém mas depois de tal acontecer sabem que aquele sentimento resistirá a quase tudo. É bom porque tornam uma relação mais "consistente" mas são aqueles que demoram muito tempo a ultrapassar, a esquecer, a deixar de olhar para trás para seguir em frente. Contudo, depois de o fazer, é uma decisão sem retorno.

Como em tudo na vida, há um rol de vantagens e desvantagens e, podemos fazer parte dos dois grupos em diferentes fases da nossa vida.

Em ambos os casos, quando encontras à tua frente (e não estou a falar só de amor-à-primeira-vista) alguém que te transmite liberdade e segurança, a vertigem do toque, a química entre corpos, a cumplicidade de um olhar (aquele do sei-exactamente-no-que-estás-a-pensar), a partilha de valores (não de interesses porque é bom conhecermos novas experiências, cedermos à curiosidade e à necessidade de entrar no mundo do outro) e toda uma panóplia de emoções, que não é qualquer um que tos desperta, aí tudo muda.

Os fugazes ganham certezas sem margens para dúvidas, os devotados esquecem todos os fantasmas do passado e vivem o delírio do presente.

O grande problema é quando alguém do passado reaparece na nossa vida e sem querer (raramente é feita a nossa vontade) revives toda a vertigem que tinhas julgado passageira ou ultrapassada.

O que fazer? Indultar erros imperdoáveis? Esquecer todas as desavenças e/ou defeitos que achávamos incapazes de ultrapassar?


Sabendo que nunca se pode partir do ponto em que se acabou. Não é por haver uma história no passado que se pode agir como se aquele gap temporal nunca tenha existido...
Começa-se tudo do zero, agora com a vantagem, que conheces bem melhor quem queres que volte a estar do teu lado...


Indago-me se será fraqueza ou coragem dar uma segunda (ou terceira, ou quarta, ou...) oportunidade a quem é capaz de nos provocar tal turbilhão de sentimentos? Embora sabendo à priori que algumas coisas voltarão a ser o que eram e outras nunca mais o serão...

Mas se acharem que vale a pena (no sentido literal da palavra), embarquem nessa aventura porque só o tempo dirá se será uma desilusão, uma aventura, um êxito ou qualquer combinação possível entre estes e muitos outros desfechos possíveis...

sábado, 16 de junho de 2012

Isso agora... =D


"É fascinante uma pessoa inteligente ver um indouto a armar-se em esperto para a tentar enganar..."

Diana Marques

terça-feira, 12 de junho de 2012

" O plano da troika está para portugal como o Helder Postiga para a selecção: Sabe-se que não resolve mas insiste-se na solução."

Programa "Café Central" da RTP2

domingo, 10 de junho de 2012

Porque é que as mulheres vêm novelas?





Nunca a frase "Uma imagem vale mais do que mil palavras" fez tanto sentido!

Nota: tive imensa dificuldade em escolher uma foto, tinham todas imensa qualidade...

sábado, 9 de junho de 2012

Luis de Guindos explica el rescate

Tudo por eufemismos, claro está...

 "Lo que se pide es apoyo financiero y no tiene nada que ver con un rescate en absoluto. Irá dirigido al FROB y éste lo inyectará en las entidades que lo requieran. No todas las entidades necesitan capitalización"

 "Esto es un préstamo que se recibe en condiciones muy favorables, más favorables que las de mercado y que el FROB. Por lo tanto no hay el mínimo rescate"


24H - TVE

A melhor declaração da tarde:

  ¿Por qué no comparece Rajoy?, se le pregunta, y si va a ir al fútbol. "Yo soy el miembro del Eurogrupo y no el presidente del Gobierno. Siguiente cuestión", zanja cortante.

Muito optimista:

"Las condiciones de interés y plazo serán extremadamente favorables", insiste, "pero el FROB va a inyectar capital solo en las entidades financieras que lo necesiten, porque el 70% del sistema financiero español puede resistir las condiciones más desfavorables posible"

"El impacto sobre la deuda pública... Es un préstamo que hace Europa y reduce la presión sobre la emisión del Tesoro español y en los próximos días se verá menor presión sobre la deuda española"


Fonte: El País

Euro 2012

Tenho tentado controlar o meu desdém à Selecção Portuguesa: são os maus resultados, os gastos milionários em hotéis, as desculpas "esfarrapadas" para não darem autógrafos a miúdos...

Enfim...

Vamos lá ver se a música dos Anaquim ajuda:





Uma vitória frente à colossal Alemanha também não era mal pensado...

Resgate Económico a Espanha - a Pressão!


Quanto mais leio sobre o assunto, mais fica consolidada a ideia que o Governo de Rajoy está, claramente, a ser pressionado a "socorrer-se" do resgate económico.

Já se ouviram as "independentes" agências de rating, o Obama também já deu o seu parecer e agora temos a Comunidade Europeia (leia-se França  e Alemanha) a deliberarem sobre o futuro espanhol.

Caso tal aconteça, o Euro fica seriamente ameaçado, não fora a Espanha a quarta maior potência europeia.

Nestas alturas, interrogo-me porque é que este apoio não pode ser efectuado de forma sigilosa? Não é que seja adepta das teorias da conspiração mas que seria bom (muito bom) que não passasse a imagem do resgate financeiro a Espanha para o exterior (leia-se fora da UE), seria...


terça-feira, 29 de maio de 2012

"Uns, com os olhos postos no passado,
Vêem o que não vêem: outros, fitos
Os mesmos olhos no futuro, vêem 
O que não pode ver-se."

Ricardo Reis

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Trissomia 21 e a Igreja



Porque estou a juntar estes dois temas? Pelos piores motivos, claro está...

Hoje, tal como em muitas paróquias neste país, realizou-se a Primeira Comunhão na minha santa terra.

Este grupo de crianças tem catequese em conjunto desde o 1º ano de escolaridade e frequentam agora o 5º. Neste grupo de meninos e meninas estão incluídas duas irmãs gémeas: uma saudável, a outra portadora de Trissomia 21. E qual a significância deste facto? A meu ver, nenhuma...

Mas estava enganada. Soube que esta garota esteve hoje na Igreja mas que não comungou porque segundo a (falta de) sabedoria do senhor padre, a menina não tinha o entendimento necessário para compreender a importância deste momento...

Haaaaaaaaaaaaã?!!!

Mas qual é a criança de 10 anos que percebe o que significa comungar o corpo e o sangue de Cristo?

Qual é a criança, independentemente da idade, que sabe qual o lugar que a religião ocupa na vida dela?

Da minha Primeira Comunhão só me lembro que andava super feliz porque ia levar como penteado uma "trança indiana" e que a minha irmã estava mortinha que chegasse o dia da dela porque a madrinha tinha prometido que lhe comprava uns "calções de peito"...

E isso fez de mim um católica pior?

Ora muito bem, fui baptizada, fiz a Primeira Comunhão, a Profissão de Fé e o Crisma. Andei 9 anos na catequese e 4 no grupo de jovens. Fui 3 anos catequista e 4 animadora de grupo de jovens, fui chefe dos acólitos, fiz parte do grupo de leitores, participei no Nascer de Novo Convívio Fraterno et cacetera, cacetera... Só não fiz parte do coro porque o meu aparelho vocal não o permite...

Isto até ao dia em que abandonei de todo qualquer actividade relacionada com a Igreja por não saber conviver com o despotismo de alguns membros do clero.
Mas hoje soube que o que realmente me custa a digerir não é tanto a tirania mas a ignorância de alguns eclesiásticos...

Alguém que ensine e/ou relembre aquela gentinha: "Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus."

Aquela menina, tal como todas as outras crianças, tinha tudo o que era preciso nesta idade,  para ter vivido em plenitude aquele momento: estava ali de livre vontade e o que ouvia falar de um tal Jesus fazia-lhe crer que este era boa pessoa, tanto que gostava dela incondicionalmente...

quarta-feira, 23 de maio de 2012



"Felicidade é a combinação de sorte com escolhas bem feitas." Martha Medeiros


domingo, 20 de maio de 2012

Quando és apoderado pela sensação de ansiedade  para que o telemóvel toque, quando a expectativa de saber quem é o remetente da mensagem é imensa e o sorriso que inunda o rosto, quando se lêem as banalidades escritas, é inigualável... Então, estás lixado!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Há receita para tudo!

1. Tira-se o ar de pessoa casada;

2. Adiciona-se um rosto sorridente (qualquer pessoa alegre é mais bela);

3. Mistura-se a inteligência, a boa-disposição, o encanto e o quanto se é interessante;

4. Leva-se a lume brando e envolve-se tudo muito bem em graciosas conversas;

5. Acrescenta-se uma pitada de deslumbramento e sedução a gosto;

6. Vai ao forno a cozer à temperatura de agradáveis momentos;

7. Et voilà nous avons du roman prête à manger =)



sexta-feira, 11 de maio de 2012



" A esperança é uma coisa boa, talvez a melhor de todas e, nada do que é bom, deve morrer."

Os Condenados de Shawshank







terça-feira, 8 de maio de 2012

Mefistofélico e muito mais...

Ela ouve o que lhe dizem do outro lado da linha telefónica e não consegue conter as lágrimas que inundam aquela face sempre tão bem-disposta... 
Há coisas que são ainda mais difíceis de escutar quando se tem formação/informação privilegiada para as compreender... 
Aliás, há coisas que não se compreendem, apenas se assimilam, pautadas pelo choque, pela incapacidade, pela vulnerabilidade e, acima de tudo, pelo medo...
Haverá algo mais castrador que o medo? Algo que te imponha tantos limites e restrições? 
Nestas alturas ela gostaria de se sentar frente-a-frente com Ele e pedir-lhe com jeitinho: "Posso ser eu o capitão deste navio? Prometo levar-To a bom porto..." Mas do outro lado não há resposta... 
Já vos disse que acredito em milagres?

terça-feira, 1 de maio de 2012

"Ainda ontem" por Miguel Esteves Cardoso


Quem gosta de tomar as rédeas da própria vida, quem gosta de controlar o que o rodeia, quem gosta de se preocupar e cuidar dos seus, vai perceber muito bem este texto.


domingo, 29 de abril de 2012

Lindo, lindo era ver o SCP a contratar o meu querido Guardiola para Adjunto do Sá Pinto!

(Uma enorme blasfémia, bem sei... Mas garanto que ia aumentar a assiduidade do público feminino nos jogos do Sporting e ia fazer-me tão feliz, tão feliz mesmo...=D)

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Sporting na Europa League

Acabou a nossa jornada por estas bandas...

De ressalvar o fantástico fair-play dos adeptos bascos que mostraram um enorme apoio à sua equipa e respeito pelo adversário, aplaudindo de pé esta exibição!

No final do jogo arrepiei-me com o momento em que todo o estádio estava a gritar "SPORTING!" Sim, nós perdemos e eles homenageiam os nossos atletas! É por isto que gosto de Futebol.

Sá Pinto cumprimentou um por um cada um dos seus jogadores, agradeceu aos adeptos do Sporting e só depois saiu do Campo. Ganhou hoje o meu respeito que já vinha conquistando pouco-a-pouco...

Tenho pena do Jorge Jesus que após ganhar a taça ao Gil Vicente (que tinha uma cidade e um clube a sonharem ganhar aquele jogo) após receber a medalha da vitória, guarda-a no bolso... Foi um momento infeliz, muito infeliz...

Eu sou do Sporting, quem me conhece já me viu torcer por diferentes equipas portuguesas, espanholas, inglesas ou italianas (reconheço que não ligo muito ao futebol francês)...

Ganhar? É importantíssimo.

Estar a perder? É angustiante.

Mas assistir a um bom jogo de futebol, independentemente de quem ganha, é apaixonante.

Guernica - 26 de Abril de 1937


75 anos depois ainda se mantém o mistério sobre o bombardeamento da pequena cidade basca.
Fica a dúvida, a tristeza e a magnífica obra de Picasso, Guernica, símbolo da barbárie humana.
Já tive oportunidade de a apreciar ao vivo e é uma visão avassaladora...