segunda-feira, 25 de agosto de 2014

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Escrevo muito melhor quando o des(amor) é o sentimento que impera.

Não que sinta falta dessas agonias mas a verdade é que fico muito mais esperta.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

As Claques

Este fim-de-semana rumamos à Corunha para ver o SCP disputar o Trofeo Teresa Herrera. 360horas de jogos é só para adeptos muito fervorosos! O SCP foi lá para ganhar o 3º lugar… :p

Jogámos sem esbanjar brilho e deu para perceber que sem William Carvalho e Slimani ficamos sem meia equipa.

Futuras dores de cabeça à parte, estou a escrever este post por causa das claques. Pela primeira vez assisti a um jogo no meio de cartazes, bandeiras e cânticos inspiradores e constatei como são importantíssimas para motivar a equipa, mesmo quando se joga fora de casa e o estádio está longe de estar cheio.

Numa claque encontramos todo o tipo de pessoas: do engravatado ao tipo “em-tronco-nu”, do desempregado ao alto cargo, do skinhead ao rasta, do desordeiro ao pacato, branco ou preto, novo ou velho, tatuado ou metrossexual, do norte do sul ou das ilhas, cristão ou ateu, homem ou mulher… Variadíssimos seres-humanos na forma e no conceito que apenas têm em comum entre si a paixão desmedida e inexplicável por um clube de futebol.

Faça chuva ou faça sol, na própria cidade ou no estrangeiro, pagam o bilhete e permitem que a festa do futebol seja muito mais colorida e efusiva.

É claro que, como em todas as organizações, podem existir criminosos, palermas que colocam em causa a segurança dos outros ou zaragateiros profissionais. Mas não podemos julgar a parte pelo todo porque seria sobretudo injusto para com os “loucos” que apenas querem ver aquilo que tomam por seu ganhar.

Um jogo sem claques organizadas era uma pasmaceira.
Um jogo sem claques organizadas era muito menos vibrante.
Um jogo sem claques organizadas era muito menos jogo.

Obrigada Juve Leo, Torcida Verde e Directivo Ultra XXI por torcerem pelo meu Sporting quando eu não lá estou!

P.S.: portem-se com juizinho… :D