segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Chá de Cidreira

Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira. 
Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira.
Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira.
Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira.
Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira. Chá de cidreira.

E eu que gosto tanto de vinho tinto...


sábado, 25 de outubro de 2014

A menina da farmácia

Hoje depois de um atendimento que foi mais uma conversa disseram-me:

"- Obrigada por tudo, a doutora foi um anjo da guarda que nos apareceu neste momento de dor..."

Fiquei tão comovida com aquele gesto espontâneo de alguém que atravessa uma guerra chamada cancro que os olhos encheram-se de lágrimas e tive que me conter para não desatar numa choradeira pegada...

Nestes 7 anos de trabalho em Farmácia Comunitária já ouvi confissões de todos os tipos (infidelidades, abortos, erros, certezas, penas, medos et cacetera cacetera), já fui pedida em casamento, já me declararam versos, já ouvi histórias de vida dignas de filme, já me cortejaram, já me pediram segredo, já enfrentei surtos, neuroses e loucura pura, já passei por tanta coisa e sempre com a resiliência de um condenado.

Mas... mas mesmo assim há situações para as quais ainda não estou preparada.
Há situações que me perturbam, comovem e alvoroçam.
Há pessoas que nos tocam com a perícia e a precisão de um neurocirurgião.

Nestes momentos encho o peito de ar e espero copiosamente não defraudar tamanhas expectativas...





domingo, 19 de outubro de 2014

Por trás de um grande homem está sempre uma grande mulher.

Por trás de uma grande mulher está sempre uma grande inveja.



quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Vou só ali amuar e já volto...

O resultado de andar com a mala cheia de tralha, isto é, bens essenciais ao dia-a-dia e com o telemóvel desbloqueado é um sem número de telefonemas e mensagens sem nexo.

Infelizmente o estupor do telemóvel dito inteligente só faz ligações para quem não deve! 
As carradinhas de entulho da lista telefónica são sempre os escolhidos...

Houvesse justiça neste mundo teria eu um equipamento totalmente misantropo!


domingo, 12 de outubro de 2014

Sinistro 3

A vantagem de conduzir na iminência de voltar a ser atingida por outra viatura é o abaixamento nos consumos.

A gastar 4.9L/100km não tarda com um depósito dou a volta ao país... 




quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Outono

Nada como uma quente tarde de Outono passada na praia...

Nada como estarmos absortos na leitura do nosso "Deus das Moscas" e sermos os últimos a sair do areal, já quando o sol se põe...

Nada como uma viagem para casa em que nos apetece cantar...

C'um catano, independentemente de equinócios e solstícios há dias muito felizes!