domingo, 28 de agosto de 2011

sábado, 27 de agosto de 2011

Criar um blogue não é nada fácil...

Começava a achar que tinha sido adoptada porque quase todos os meus conhecidos tinham um blogue e eu não... Por isso, há uns dias, num momento de ociosidade lembrei-me de criar um blogue, fiquei toda contente quando li : "crie o seu blogue, é fácil e intuitivo!".
Contudo é uma mentira deslavada. Demorei quase 40 minutos a tentar que o fundo fosse preto e não tivesse padrões com florinhas, estrelinhas e outras coisas igualmente acabadas em -inhas...
Quando finalmente consegui, decido colocar uma foto minha no perfil, péssima ideia! Mais um momento de pânico e terror quando a vejo enorme a ocupar-me toda a página... Praguejei, claro está, enquanto tentava uma série de investidas para a colocar no sítio onde a queria...
Depois, por acaso, descobri que tinha uma série de questões sobre privacidade e acesso dos leitores... Se deixasse ficar como estava nas pré-definições tinha um blogue que só podia ser lido por mim... Meus senhores das programações percebam uma coisa, se eu quisesse algo lido exclusivamente por mim, tinha um diário que escreveria à mão e guardaria debaixo do colchão =D
Fazendo as contas demorei quase 3 horas a criar esta belíssima página, ninguém diria que sou uma moça estudada, mas asseguro que fiz o meu melhor! =P
Concluindo, avaliem bem, antes de se aventurarem a criar um blogue porque será um momento de verdadeira entropia nas vossas vidas. =D

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A Passagem

"Primeiro parece fácil, é o coração que arrasta a cabeça, a vontade de ser feliz que cala as dúvidas e os medos. Mas depois é a cabeça que trava o coração, as pequenas coisas que parecem derrotar as grandes, um sufoco inexplicável que parece instalar-se onde dantes estava a intimidade. É preciso saber passar tudo isso e conseguir chegar mais além, onde a cumplicidade - de tudo, o mais difícil de atingir - os torna verdadeiramente amantes.
Mas eles conseguiram-no, por vezes pisando os destroços do que parecia definitivamente perdido, mas seguindo em frente, quase com o desespero dos naúfragos. Estão juntos há oito anos, para a vida, dizem eles, e eu acredito. Há oito anos que ela descansa o seu cansaço mo ombro dele, que ele alisa o seu pescoço comprido, lhe apaga as olheiras e adormece com uns olhos azuis e ternos vigiando o seu sono."

Miguel Sousa Tavares
Não te deixarei morrer David Crockett

O melhor anúncio publicitário de sempre!




Não consigo deixar de esboçar um sorriso quando o vejo e, por norma, vejo sempre uma segunda vez=D

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Sobre mim

Sou a mãe da minha irmã, o marido da minha mãe e o filho mais velho do meu pai=)
Sou impulsiva e retorcida, não sei se sou preocupada por ser controladora ou se sou controladora por ser preocupada.
Sou chata, rabugenta e de extremos: ou ando muito bem-humorada ou muito mal-humorada. Assustam-me os preconceitos e, por norma, gosto de provocar as mentes mais conservadoras. 
Falo muito e tenho o pensamento colado à palavra... Enquanto adepta da ironia consigo ser algumas vezes engraçada...  
Na minha vida nada tem um caminho recto, há sempre um lado mefistofélico em tudo...
Estou sempre atenta e por isso vou estar lá quando precisarem (ou não) de mim...
Choro e rio com facilidade... 
Tenho os melhores pais, a melhor irmã, os melhores amigos e a sorte de encontrar pessoas maravilhosas quando preciso delas. Faço o que gosto e tenho uma vida plena de bons momentos!
Sim, sou feliz! =D